NOVEMBRO AZUL: VAMOS FALAR DE SAÚDE DO HOMEM?

Na medicina, quanto mais cedo a gente descobre uma doença, melhores são as chances de cura. No caso do câncer de próstata, por exemplo, 90% dos casos detectados precocemente são curados. No Brasil, a estimativa é que todos os anos, sejam registrados 68 mil novos casos. Desse total, cerca de 15 mil homens morrem.

De acordo com o Movimento Lado a Lado, que lançou no Brasil o movimento Novembro Azul, o principal fator que leva à morte é a demora no diagnóstico e em iniciar o tratamento. Em levantamento feito pelos pesquisadores do movimento, concluiu-se que o homem normalmente tem receito em procurar ajuda médica devido à falta de informações, preconceito e vergonha.

Para que todos tenham acesso à informação, aqui na Up Brasil, todo ano fazemos ações de conscientização para nossos colaboradores e colaboradoras. A seguir, apresentamos algumas informações básicas sobre câncer de próstata.

 

O que é

A próstata é a glândula responsável pela produção de cerca de 70% do líquido seminal, e está ligada à fertilidade masculina. Cerca de 10% dos homens após os 50 anos de idade desenvolvem a doença. Conforme o envelhecimento, as chances crescem, podendo acometer 50% dos homens aos 75 anos.

O câncer é algo que dá errado em nossas células, sem que a gente perceba no início. No caso da próstata, é o resultado de uma multiplicação desordenada das células, que resulta em alterações na glândula, imperceptíveis na fase inicial. É uma doença silenciosa. Em 95% dos casos, os sintomas aparecem em estágio avançado.

Portanto, exames preventivos frequentes são fundamentais para verificar se está tudo bem. Homens a partir dos 50 anos de idade (ou 45, se houver casos de câncer de próstata na família), devem procurar um urologista anualmente para realizar os exames preventivos.

 

Como detectar

Um dos exames mais comuns para identificação de anormalidades na próstata é o toque retal, feito por um médico urologista. Existem muitos preconceitos e resistências quanto a ele e o objetivo do Novembro Azul é justamente desconstruir isso entre os homens.

O exame é rápido e indica se a próstata apresenta algum tipo de alteração. Caso isso ocorra, o médico pode solicitar outros exames para confirmar o diagnóstico, como o PSA (Antígeno Prostático Específico), o ultrassom transretal e a biópsia da glândula, que consiste na retirada de fragmentos da próstata para análise. Só então é feito o diagnóstico e começa o tratamento.

 

Fatores de risco

Ainda não existem pesquisas conclusivas sobre os fatores de risco para câncer de próstata, mas alguns são unânimes nas pesquisas médicas:

Hereditariedade: três ou mais parentes de primeiro grau são diagnosticados; dois parentes de primeiro grau foram diagnosticados antes dos 55 anos de idade; câncer aparece em três gerações consecutivas (avô, pai e filho). Nesses casos, o risco de desenvolver a doença é de 50%;

Idade: a incidência e a mortalidade aumentam após os 50 anos.

 

Para saber mais

No próximo dia 13 de novembro, vamos promover uma palestra com o Hospital do Câncer, para esclarecimento de dúvidas sobre o câncer de próstata. As 09h00, faça sua inscrição. Participe e saiba mais sobre como identificar sintomas e detectar precocemente o problema.

 

Fonte: https://www.ladoaladopelavida.org.br/cancer-de-prostata-novembro-azul


Back to Top